Quero Almas resulta em unidade pela grande comissão

13.07.2018

Projeto se consolida como interdenominacional, sem vínculos políticos, nem amarras financeiras.

 

“Quem vem em busca de show, não vai encontrar. A gente não vem aqui para brincar. Estamos em guerra para resgatar almas das mãos de Satanás”. Com objetividade e franqueza características, o pastor e cantor Samuel Mariano, diretor do Projeto Quero Almas, responsável pela realização dos Impactos Evangelísticos Quero Almas,  deixa claro ao público presente que não tem nenhuma intenção de promover reuniões infrutíferas.

 

Samuel explica que a aplicação de recursos financeiros e humanos para ter a estrutura da carreta-palco, –a “Menina Missionária”­­–, a logística de transporte de convidados, voluntários e equipe, as semanas de oração, jejum e preparação até a realização do evento não cumprem o objetivo de promover a imagem de nenhum político, fazer culto à personalidade de quem quer que seja ou ser forçado a ser apelativo, na tentativa de recolher ofertas.

 

Transparência

 

 

Samuel esclarece que todas as ações evangelísticas de qualquer proporção, desde a menor até a maior, são realizadas graças ao coração missionário dos mantenedores. “São esses irmãos que ofertam cinco, dez, 15, 30 reais. Cada centavo, para mim, tem valor e, por isso, presto contas de como estamos usando as ofertas da igreja”.

 

Segundo Samuel, esta filosofia de trabalho tem diversos desdobramentos positivos. Para ele, quando os irmãos sabem onde está sua oferta está sendo investida, além de se manter fiel, quando Deus abre a porta, e sei que Ele faz isso, os irmãos não se recusam a abrir mais a mão”.

 

Por isso, o diretor do projeto faz questão de prestar contas das cestas básicas que ajudam a amenizar as preocupações de 200 famílias. Com esta postura transparente, foi possível realizar obras como: 1) Construção de uma igreja, do zero, em 42 dias; 2) Reforma de um templo que estava fechado há 10 anos; 3) Dar continuidade à construção do Centro de Treinamento, que vai ter dois consultórios e alojamento para treinamento semestral de jovens missionários.

 

Unir para crescer

 

A forma de atuação do pastor Samuel em parceria com toda sua equipe, tem resultado em uma credibilidade cada vez maior. Por isso, ao realizar um impacto evangelístico em uma cidade como Assú, a 200 km de Natal, em pleno dia útil, sem qualquer feriado prolongado, os irmãos se reúnem aos milhares para exaltar ao Senhor.

 

 

Exemplo disso, foi uma caravana composta por 40 irmãos, que percorreram cerca de 100 quilômetros, de Macau, no litoral potiguar, até Assú. Investiram tempo na viagem de ida e volta. Investiram recursos financeiros com a passagem e alimentação. Mas não consideram nenhum prejuízo. A avaliação do evento feita em coro é: “Valeu a pena”.

 

Em Assú, o pastor Elienai dos Santos da Silva, da Assembleia de Deus - Madureira, suspendeu os cultos nas sub-congregações para que os irmãos tivessem liberdade de cooperar com o Impacto Evangelístico Quero Almas. O jovem Francieliton Domingos, que coordena os jovens no campo de Assú, detalhou que também conseguiu gerar alguns recursos para a festa de jovens que já se aproxima.

 

 

Igreja de origem

 

Diante da diversidade de público, o pastor Samuel sempre orienta para que as pessoas que se reconciliam com Jesus durante os impactos evangelísticos, procurem voltar à sua igreja de origem. “Se era da Assembleia não vá para a Batista. Se era da Batista, não invente. O seu pastor, os irmãos da sua congregação estão esperando por você”, exemplifica o pastor. “Isso, para mim, é visão de reino que traz benefícios para todos”, conclui.

 

 

 

 

Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Please reload

Leia Tambem!

Colheita: 536 almas em cinco cruzad...

26 Aug 2019

Aniversário do Projeto "Chamad...

21 Aug 2019

Igreja fora das quatro paredes em M...

25 Jan 2019

Quijingue: contagem regressiva para...

22 Jan 2019

"Respira" é um desafio e...

16 Jan 2019

1/1
Please reload

COMENTÁRIOS

 ©2018 - SAMUSIC PRODUÇÕES | Todos os Direitos Reservados. Design by ©CARLA BARBOSA

Acessos